terça-feira, 8 de maio de 2007

Odeio ouvir nãos a certos convites meus, tal como por vezes odeio dizer não quando me fazem convites. Isto no meu caso porque nem sempre se pode estar em todo o lado para estar com toda a gente, e então pronto... quando a "agenda" está preenchida nada a fazer além de lamentar e ter que se fazer a recusa.

6 comentários:

Thunderlady disse...

... o que deixa no ar o motivo do "não" ouvido por ti... Mas (a sério) não expliques. Há coisa que ficam para nós, certo? :)

Sílvia disse...

Eu tenho sempre mil e uma coisas agendadas pa mesmo dia, hora...tbm nao gosto de dizer nao e por isso as vezes as coisas ficam umas em cima das outras mas dou sempre um jeito :)

bonifaceo disse...

Thunderlady, quando expliquei o meu caso, o motivo do outro lado normalmente é o mesmo, ou porque se tem algo para fazer e não nos vai deixar muito tempo livre, sim, esse é outro motivo recorrente, que até a mim de vez em quando acontece, mas raramente, se for preciso deixo de fazer algo para sair, e fica para depois, mas eu sou um irresponsável nesse aspecto :S. Pronto, há mais coisas, mas essas são como dizes... :)

Sílvia, isso já é bom, pelo menos quando é gente com quem nos damos lindamente e raramente temos a oportunidade de estar, às vezes 1h, que para mim deveria ser o mínimo, ou pronto, 30min bem aproveitados já chegam para matar saudades e pôr muita conversa em dia.

medusa disse...

o que eu odeio mesmo é ter que dizer não, principalmente se tiver que ser cara a cara!!

Pekena disse...

Bom fim-de-semana :)
Beijocas da Pekena***

bonifaceo disse...

Medusa, nessas vezes então é que só se já tiver alguma coisa combinada mesmo, se não é impossível dizer não...

Pekena, bom fim-de-semana. Beijo.