quinta-feira, 28 de junho de 2007

Recordando...

Ou dando a conhecer a quem cá não vinha até há uns meses atrás, no ano passado escrevi este post. O texto já não está muito do meu agrado, mas também isso já é normal...

A maior diferença actualmente é que este ano só tenho 7 casais e deixei de ter a raça gloster a criar, os que tinha foram "reformados" e estão no voadouro grande. O Bonifáceo continua com asma e está em tratamento numa gaiola.
E, apesar, de que perdi um pouco a vontade este ano (foi talvez mais que um pouco), não sei se é uma fase... enfim, não sei.
Fica aí uma foto, crias com uns 6 dias (porque já têm os olhos abertos), muita gente considera-as feias, depenadas, mas eu para ser do contra e como não penso assim, é a que ponho. :D

8 comentários:

mymind disse...

ahh tao keridos!!
=)
eu gosto mt d passaros, ja tive alguns, mas actual/ n tenh nenhum...lol =/
bjinhos

Sol disse...

São um bocadito feios, de facto! Quando crescem ficam mais apresentáveis! :)

jg disse...

"Despenadas"?!!
Querias dizer "depenadas" ou seja, sem penas ou "despenhadas" que significa que cairam aos trambolhões?!
Qd encontrar o teu professor(a) da primária vou saber se ele te passou por lhe dares passarinhos.
Qt ao post, não tenho nada contra passarada sem penas. Antes pelo contrário. Para fritar até dão menos trabalho. Já estão sem fato.
Como diria a misss, eheheheh!!!
Por acaso no reino animal, tirando as bestas dos humanos, passarada é a bicharada com que mais simpatizo.
Excepção aos abutres que têm um pescoço nojento.

medusa disse...

A foto realmente não é muito bonita...quando crescidos, aí sim saõ lindos! Não sabia dessa tua paixão...sempre muito surpreendente, menino Bonifaceo!

bonifaceo disse...

Mymind, são uma beleza. :D
Espero que os teus não tenham morrido à fome. :p (brincadeira)

Beijo.

Sol, isso parece discurso de quem chega a ter um bocado de pavor a aves... :p

Jg, obviamente que é depenadas... em muitas palavras deste tipo é usado "des", como despenteado, e então, escrevi sem pensar, foi automático e não por pensar que era realmente assim.

E ainda bem que desta vez não falas só do erro ortográfico.
Também gosto de chamar esse tipo de nomes aos humanos, é a verdade, enquanto espécie são (como pertenço acho que sou obrigado a dizer "somos"...) nojentos, umas bestas, sim.
Também simpatizo bastante com passarada, e com felídeos.

Medusa, eh eh, de onde achas que vinha esta foto?! "Surpreendente"... não sei, mas como elogio já fiquei aqui com um sorriso.

Thunderlady disse...

Ora aí está um hobie nada vulgar, creio eu.

Pássaros não são o meu forte. Acho-os lindos em liberdade, mas em cativeiro faz-me muita pena (ups... não era nenhum trocadilho, lol)

Fui ler a tua entrada do ano passado, achei piada ao modo como isso começou. Uma linda história de amor!

:D

bonifaceo disse...

Thunderlady, eh eh.
Mas sabes que os canários são como o cão e gato doméstico, por isso em liberdade morreriam.
Não é propriamente uma linda história de amor, eu gosto de animais, só isso, calhou fazer criação com canários.

Beijo.

Thunderlady disse...

Boni, uma linda história de amor entre o Tobias e a fêmea que lhe compraste :)