segunda-feira, 25 de junho de 2007

Falemos outra vez da velocidade...

As multas por excesso de velocidade são das que tenho mais medo, porque é a transgressão que mais vezes faço, quer dizer, todos fazemos um pouco, passar dos 50km/h não custa nada..., mas às vezes abusa-se, tanto no número de quilómetros acima do limite, como no número de vezes que o fazemos...

12 comentários:

jg disse...

O que é que tem a ver a velocidade com 50 km/h?!!
Até aos 140 anda-se a lesmar.
Só a partir dos 200 é que deveria ser considerada velocidade. E excessiva só além dos 300.
Como sou um condutor exemplar o meu limite de velocidade, durante uns minutos, foi 270. De mota, que dá mais pica.
De carro a 270 um gajo parece anormal. De mota, ta-se bem!!!
Quem não tem mota não percebe o que estou a dizer. Por isso é bom que não emita comentários parvos invariavelmente sem fundamento.

bonifaceo disse...

50 é realmente muito pouco, embora eu defenda essa velocidade em ruas apertadas e aldeias...
Mas também é preciso não esquecer o porquê dos limites, é só para o caso de alguns imprevistos e o risco aliado a isso... o meio envolvente...

Digo-te, no Domingo passei por uns gajos que iam de mota, espero que não fosses lá no meio porque apeteceu-me levá-los à frente... iam devagar, depois chegou o resto do grupo já lhes apeteceu acelerar a alguns e eu já os ia para ultrapassar, mas como a aceleração é tal e eu estava a prever aquilo, ia ali sem saber que raio iam fazer.

Sílvia disse...

Sim...é muito dificil cntrolar a velocidade e às vezes nem damos por ela a aumentar :)

Thunderlady disse...

Ó ó, áh pois'é!

A porcaria é que nas localidades vem uma criancinha a correr atrás da bola, ou um cãozinho, ou o velhinho que está há tanto tempo no passeio à beira da passadeira, distraído, resolve começar a atravessar.. enfim.

O meu maior receio na estrada é atropelar alguém.

salomé disse...

Podes acrescentar isso aos sete pecados mortais!

bonifaceo disse...

Sílvia, sim, no meu caso só de vez em quando, porque olho bastante para o conta quilómetros, logo é uma coisa que normalmente faço conscientemente.

Thunderlady, pois, nesses sítios tem lógica por isso, as pessoas andam mais despreocupadas, não estão à espera que apareça ali um carro em excesso de velocidade.

Salomé, mesmo que não seja num local que gere grande perigo, só o facto da infracçao, a multa já é bem pesada, e depois a agravante de ficares com pena suspensa.

Seamoon disse...

tu toma tento!!!!
Sugadito,isso das presas não dá em nada,ou melhor dá em multas e acidentes.
BJS

bonifaceo disse...

Seamoon, normalmente nem tem a ver com pressa por estar atrasado ou querer chegar depressa a determinado lugar, é... mania ou vício. Mas não faço manobras perigosas, como ultrapassagens doidas e abrando bastante em curvas apertadas ou com pouca visibilidade... tenho algum cuidado, claro que mesmo assim podem surgir obstáculos inesperados e a certas velocidades a travagem é mais complicada...

Beijo.

medusa disse...

Eu tento sempre manter-me dentro dos limites até porque ainda estou em risco de me tirarem a carta...

bonifaceo disse...

Medusa, fiz em Janeiro 4 anos, ou seja, há 2 anos que estou descansado nesse aspecto (chato).

Pekena disse...

Eu tal como a Medusa, também tenho que controlar-me. Caso contrário, tiram-me algo que tanto custou (o código bahhh).

Mas andar em excesso de velocidade, quem é que não o faz??
LOOL

jg disse...

Se este blog tivesse velocímetro anda praí a 5 à hora!!!
Tira lá isto do estacionamento e dá aí umas assapadelas, pá.
Dasss...