quarta-feira, 23 de julho de 2008

Bem, até tenho tido que escrever, mas não me tem apetecido, mas a ver se escrevo. A culpa também é das férias.
Está tudo bem, já deixei de quase só ouvir a banda de culto, já ouvi Stone Temple Pilots e The Smashing Pumpkins no carro e Bush e Jeff Buckley em casa e hei-de publicar um vídeo de cada uma das bandas ao longo desta semana, espero eu - talvez menos de Jeff que publiquei recentemente, ou não, logo se vê. Ou seja, ultrapassei bem o que sucedeu num certo domingo.
Uma das novidades musicais, óbvio, é que comprei finalmente o Funeral dos Arcade Fire. Não podia passar as férias sem ter o cdzinho lá na minha estante. Continuo a achar que a banda é bastante abrangente, e acho que como prova fica aqui a In the backseat, que tinha sido a última música que tinha escolhido para ouvir no carro naquele rico domingo quando estava a caminho de casa depois do café e de uns copos com uns amigos e já desde essa altura que a queria publicar. E até partilho a parte da letra que tem a ver com viajar no banco de trás. Esta versão ao vivo tem aquela parte final bem mais longa que a versão de estúdio, mas como foi a que eu mais gostei, é a que fica.

Arcade Fire - In the backseat

10 comentários:

Thunderlady disse...

Boni, quase te iamgino numa luta pessoal em movimentos bipolares no conflito de :
-ouve outra coisa
-não ouço!
-ouve!
-não ouço!

LOL

Pelo que já te vou conhecendo isso é um passito importante em ti, conseguires alargar para "sítios" mais abrangentes o teu núcleo :)

Beijinhos, boas férias!

bonifaceo disse...

Hum, é parecido, era tipo "que raio, agora só oiço isto... mas também, dadas as circunstâncias que mais poderia ser tão perfeito para ouvir?" Era mais tipo isto. :D

Essa parte do "passito importante" é que não sei se percebi... eu costumava ouvir estas bandas, talvez em dois meses é que só praticamente ouvi "os rapazes".

Obrigado. Beijo.

Thunderlady disse...

O que quis dizer é que independentemente desses dois meses tu vais dando umas 2oportunidades" e ouves outras bandas mas tens lá o teu núcleoduro: Pearl Jam, STP, etc.

Pareces mais solto para outras sonridades, era o que eu queria dizer.


**

bonifaceo disse...

Ah, pois, mas por acaso e embora não o desse muito a entender sempre fui ouvindo outras coisas, a sério, ora umas coisas mais antigas tipo Hendrix, Zeppelin e Bowie, etc, como de há mais de um ano para cá a cena indie. Mas pronto, sim, algumas bandas grunge é o núcleo. :D
Beijo.

jg disse...

"Bem, até tenho tido que escrever, mas não me tem apetecido, mas a ver se escrevo. A culpa também é das férias.
Está tudo bem, já deixei de quase só ouvir a banda de culto, já ouvi Stone Temple Pilots e The Smashing Pumpkins no carro e Bush e Jeff Buckley em casa e hei-de publicar um vídeo de cada uma das bandas ao longo desta semana, espero eu - talvez menos de Jeff que publiquei recentemente, ou não, logo se vê. Ou seja, ultrapassei bem o que sucedeu num certo domingo."

Acabas de inventar a caldeirada sem qq tipo de peixe!!!

bonifaceo disse...

A parte de só ouvir a banda de culto era em relação a um comentário de um certo post. O resto da caldeirada olha... já me conheces, é frequente eu escrever caldeiradas.

Hawaiian PinUp Girl disse...

Arcade Fire yeaahhh!!! Mas que bela companhia de férias!!! devora isso tudo com fervor. Eu queria dizer qual é a minha favorita desse álbum, mas parece-me que são todas... bem... a Powerout é uma forte candidata a favorita, mas a Tunnels lembra-me sempre que foi a primeira música que ouvi deles (porque é a primeira do álbum) e que aos primeiros acordes senti os meus olhinhos a brilhar. Paixão à primeira escutadela. Podia falar de todas, uma a uma, com ênfase e entusiasmo e alegria pura.

Como já percebeste, o amor ainda continua!...

bonifaceo disse...

Os Arcade Fire têm um problema, apenas têm dois álbuns e agora durante uns dias cansei-me. Mas depois volto à carga. A minha favorita deste é a power out (e gosto muito do poderio inicial da wake up, e até da música no geral), já tinha dito num outro post, e por acaso foi a primeira que ouvi passar nas rádios. Claro que todo o álbum é excelente e por isso até meti esta, que naquele momento em especial encaixava muito bem.

Hawaiian PinUp Girl disse...

Claro!! Já me esquecia da Wake Up, que é uma espécie de anúncio que vem aí o salvation army e somos todos escolhidos! tem o mesmo efeito que a música da Champions League mas sem me lembrar futebol... (isto supostamente é muito bom). E a versão com o David Bowie é espectacular!

bonifaceo disse...

Sim, com Bowie é bom. Ele também tem coisas espectaculares.