quinta-feira, 11 de outubro de 2007

A favorita

A minha música favorita é esta, e por acaso, ou não, é daqueles a quem eu às vezes chamo e considero (para mim, claro está) d'os maiores. Mas não gosto de fanatices nem é o que pretendo, isto é uma excepção.

Acima de tudo porque podem ser considerados como exemplo não só musicalmente. Interessam-se por causas sociais e ambientais, mesmo antes de ser moda. Já processaram a Ticketmaster em defesa dos fãs contra preços altos dos bilhetes. Chatearam-se pela segunda vez com a Rolling Stone, da segunda, contratos são para cumprir, uma banda é uma banda e não apenas um vocalista para aparecer na capa. Não são uns excentricos (da merda) com pinturas e outras esquisitices armados em artistas. Capas de álbuns originais sem fotos deles (tirando o Gratest Hits), e também caixas de cartão a partir do terceiro álbum. Na última digressão o Ed tentava falar na língua do país em que se encontrava, com a ajuda de umas cábulas, claro (que outro vocalista se daria ao trabalho?!). Etc.
Gosto do género, grunge, tem agressividade q.b., e as baladas são em minoria (e as meninas adoram cantar baladas :p).
Esta música, apesar da maioria da letra não me dizer grande coisa, gosto como é cantada.
E esta é a minha favorita, apesar de achar que a Alive é a melhor, não sei se é contradição...

11 comentários:

jg disse...

Já percebo pq não vais à bola com os Clã. E outras coisas.

(agora escrevi pouco!!!!)

bonifaceo disse...

Ah ah ah! Eu não disse que não ia à bola (mais uma vez a ter que dizer isto...).
Leste o meu comentário no outro post?! Cá para mim não, ou então tens uma mente muito distorcida. :p
E podes escrever quanto te apetecer, era bom era que lesses bem o que um gajo escreve.

Thunderlady disse...

Sem dúvida a minha favorita deles também. Muito por causa da letra (diz-me muito mesmo), por causa do ritmo, acho que está melhor que excelente.

Já a pus no meu blog, em tempos idos... (podes sempre fazer uma busca lá no pesquisador ;))

bonifaceo disse...

A letra não me diz no propósito de ultrapassar um antigo relacionamento (acho que é disso que fala), pode-me dizer em partes ou algo relacionado com isso, mas não propriamente isso. Confuso, os sentimentos são muitas vezes confusos de descrever.
Eu não era para pôr este vídeo, queria um mais recente, mas eram muito longos, gostei muito do Reading Festival, até porque me lembra no Atlântico ele a espelhar através da guitarra um holofote no público.
http://www.youtube.com/watch?v=oGvj7KCqmyw
Está aí o link se ainda não tiveres visto. Ah, e lembrei-me de uma coisa para acrescentar ao post.

mymind disse...

musica favorita pra mim é impossivel de se escolher, loool, ha tants!
=)
boa semanita
bjts

bonifaceo disse...

Mymind, eu também tenho muitas e muitas músicas que adoro, mas esta tem algo de especial, apesar de muitas das outras também terem, esta tem mais...
Beijo, boa semana.

Metamorfose disse...

7 Dias

7 Imagens

7 Palavras

7 Emoções

7 Sentires

7 Paixões

7 Contradições

Espero-te em metamorfoses 7

Um beijo de sentir em 7

bonifaceo disse...

Não gostei do tipo de atitude, de publicidade. Se tentasses antes realmente comentar os blogs que visitas... a única coisa que fizeste foi fazer auto-publicidade.
Adeus.

vermelhinha disse...

Confesso que antes não tinha grande gosto em ouvir Pearl Jam, mas quando os vi ao vivo, foi outra dinâmica. Não fiquei fã, confesso, mas os concertos ao vivo têm de facto uma componente bem mais real do que as bandas e os vocalistas são capazes de fazer.

bonifaceo disse...

Vermelhinha, compreendo em parte o que queres dizer, embora eu ache que no caso deles, já notes na maioria dos álbuns de estúdio que são uma banda energénica na maioria das faixas, mas sim, não é realmente disso que falas.
Mas fiquei a pensar o mesmo que tu em relação a Pedro Abrunhosa, ainda por cima era um concerto na Festa do Leitão em Águeda... e adorei a intrega do homem.

Seamoon disse...

boa escolha.
bjs