segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Acabei de ler há umas semanas Beatles, de Lars S. Christensen. Gostei, uma história sobre quatro adolescentes, muito bem escrita e interessante. Recomendo. No dia a seguir a terminar comecei a ler O amor nos tempos de cólera, de Gabriel García Márquez. Ainda só vou na página 78 e o livro ainda não me despertou grande interesse, tirando uma ou outra passagem, mas nada de especial.

7 comentários:

Thunderlady disse...

Não sei se também te acontece quando vais ler, ver ou ouvir uma obra de que todos dizem maravilhas e não te suscita interesse nenhum (tipo o de Gabriel G. M.) sentires-te assim um bocado.. sei lá.. tipo "mas porque é que eu não acho isto interessante? Seria suposto eu achar? Serei uma besta aculturada?"

**

bonifaceo disse...

Às vezes chego a pensar, aconteceu mais n'A trilogia de Nova Iorque, de Paul Auster, que seca de livro...
Mas olha, são gostos, não podemos gostar todos do mesmo. ;)
Beijo.

innocent bystander disse...

mas esse é pra levar até ao fim, menino bóni, coragem!! bela leitura, o Beatles :-)

bonifaceo disse...

Sim IB, eu leio até ao fim, nunca deixei um livro a meio, não te preocupes.
O Beatles foi recomendação tua. ;)
P.S.: não me chames bóni... é boni, a ler-se "buni". (Ai ai ai!)
:D

jg disse...

Ao fim de 78 (setenta e oito) páginas e sem te despertar grande interesse, continuas a marrar no livro?!!!!!
Dassssssss.....

innocent bystander disse...

eu acho que já discutimos essa situação do teu nome, buni. mas tá bem :-). ainda bem que gostaste do livrinho. livrão, vá.

ó jg, deixa o rapaz ler!

bonifaceo disse...

Jg, sou curioso, tenho que ver o que vai sair dali, porque também na verdade não o estou a achar tão mau quanto isso.

IB, pois já discutimos o nome sim senhora, e podes escrever boni, bóni é que não!, credo!