terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Acabei no domingo de ler A Trilogia de Nova Iorque. Finalmente, demorei muito tempo, ainda agora tinha estado dias e dias sem ler nada do livro. Apesar de ser muito conhecido e até recomendado por muita gente, e ser o maior best seller de Paul Auster, como não temos todos os mesmos gostos, não achei nada de especial. A primeira história até um certo ponto agarrou-me, mas depois não gostei do rumo que tomou, a segunda foi toda ela nada de especial. A terceira talvez tenha sido a melhor, pelo menos foi a mais linear em termos do que fui achando ao longo da história. Embora ache que tenha sido confusa na parte final, podem-me chamar burro pela minha falta de percepção, para além de alguns nomes comuns, não vi mais nenhuma relação da terceira história com as anteriores, isto porque são evocadas nesta terceira. Mesmo que não houvesse esta falta de percepção nalgumas partes do livro, acho que isso não iria mudar o facto de não achar o livro nada de especial.
Ainda tenho o Leviathan para ler do mesmo autor, mas para já vou optar por ler Verdade ao Amanhecer de Ernest Hemingway.

6 comentários:

zeka disse...

Hehehe!! Gostei.
É da minha vista ou tu andas a ler como quem anda a fazer um tratamento qualquer, a tomar injecções por exemplo?

Olha que se não é assim... parece!

Abração

bonifaceo disse...

Hum... eu leio porque gosto, e não para parecer culto. Não leio é muito depressa, leio ao meu ritmo e também depende se estou em exames ou se faço muitas noitadas, etc.
Abraço.

bonifaceo disse...

Já alterei três frases, o final da primeira e início da segunda e a última, não estava totalmente satisfeito com o português.

matrioshka disse...

Já li o leviathan e gostei muito.
Encontro-me em contenção de despesas, de momento, mas quando puder compro a triologia! :)
Gostei de saber a tua opinião, mas também quero formar a minha! :)

zeka disse...

O Leviathan é pro reumático, não é?
Ou é pra tensão arterial? LOL!!!

Abração Boni e não leves a mal, apeteceu-me...

bonifaceo disse...

Matrioshka, acho que fazes bem, ainda por cima depois de eu dizer que era muito recomendado... :)

Zeka, na boa, boa disposição é o que se quer. Abraço.