domingo, 3 de setembro de 2006

A tal set list

Bem, tinha ficado na semana passada de escrever a minha set list [em português alinhamento, da outra vez não me lembrava qual era a palavra usada] para o concerto dos Pearl Jam que vou ver, na terça. Espectacular era ter ganhado um bilhete duplo para os dois dias na Antena 3, mas não andei muito atento.
Mas olhem, também não vou dizer o alinhamento como estava previsto, eu por mim eram tocadas as músicas mais agressivas e não tocava se fosse preciso uma única balada que não me importava nada, a sério. Mas pronto, ao menos que toquem a Reaviewmirror, Spin the Black Circle, Once, Alive (claro, esta nem é preciso pedir), Blood, State of Love and Trust, Do the Evolution, I Got ID e a recente Life Wasted, isto entre outras que eu adorava. E já agora, não acabava com a Yellow Ledbetter o concerto como é muitas vezes hábito, é porreira, é sim senhor, mas punha algo mais a abrir.
Bem, o que eu não quero mesmo é excesso de baladas que a mim irrita-me isso, e depois toda a gente a cantá-las (até eu se for preciso) alto e em coro e a bater palmas a acompanhar, e isto das palmas a acompanhar para mim é do pior, é uma falta de respeito para quem quer ouvir a música, façam-no em casa a ouvir o cd... por favor, já há instrumentos que chegue, as palmas é só para aplaudir, acompanhar é chunga e pimba. É a minha opinião e mais nada... eheh, ditadura!
O que vai ser pior é mesmo depois do final do concerto, ainda não sei se arranjo boleia de carro e comboio é só às 6 e tal da manhã...

3 comentários:

bomba disse...

O pior?

bonifaceo disse...

Agora é que vi, usei o "pior" em duas situações diferentes, uma para as palmas e outra para a falta de boleia. O caso da boleia está resolvido, arranjei-a hoje, agora à noite. Quanto às palmas... tiram-me mesmo do sério, só de me lembrar que nos Alice in Chains fizeram isso durante a Would? passo-me logo dos pirolitos, mas se acontecer não vou poder fazer nada...

bomba disse...

Estava a falar da segunda situação ;)