sexta-feira, 18 de novembro de 2005

Não tenho paciência...

Não tenho paciência para condutores e peões nabos que não aplicam as leis do código.
Não há dia em que tenha de levar a minha mãe a Aveiro, que no percurso de 5 a 10 minutos não comece a mandar vir. Hoje não foi excepção. Primeiro um Honda CRX com dois tubos de escape metalizados, faróis traseiros tipo Lexus e um enorme aleron e não é que o gajo ia a morrer numa estrada com duas faixas, na faixa da esquerda? Motivo: o carro era rebaixado e a estrada, uma das que passa por cima da IP5, em Esgueira, tem um enorme solavanco e o pancão estava com medo de bater e até fez aquilo de lado, a passar primeiro uma roda, não sei se estão a ver a coisa. Mal se arrumou, à Scenic dum raio, terceira a fundo e o grande filho da p... também começa a acelerar e eu sempre em terceiro se não..., é que a Scenic é apenas 1.4 16v, pouca coisa para o peso do veículo, mas pronto, o gajo lá desistiu, penso eu (acho que tenho a certeza), e disse-lhe "mete mas é isso no lixo", claro que ele não ouviu... lol. Mas durante a cena eu sempre a reclamar e a minha mãe "olha lá...", por causa da manobra, e logo depois da ultrapassagem tem uma curva com um sinal de 40, "olha que aqui é só a 40" e o bonifaceo ia a 100, mas também ninguém vai ali a 40, é seguro fazer a mais, não se compreende.
Logo a seguir, nessa mesma estrada, um homem de bicicleta a contornar a rotundo no meio da estrada, como tinha duas faixas ao ultrapassá-lo e como a mãe levava o vidro aberto, "já te arrumavas".
A ir para casa outra coisa que me enerva e fico furibundo, um carro para virar que não estava no eixo da via, mas antes a ocupar a faixa toda... foi logo uma data de nomes.
Outra coisa que não gosto é gente a passar fora da passadeira em plena cidade um pouco devagar que até temos que abrandar, onde o que não faltam são passadeiras, as pessoas é que não podem andar mais uns metros. Uma outra vez passei-me com uma parva que tinha vermelho nos peões e estava a atravessar. E nesse mesmo dia outra vaca ou um cabrão que se meteu na rotunda do Rossio, foi logo uma apitadela, com um polícia em frente, mas não era de noite por isso estava no meu direito e mais nada.
Resumindo, pareço um bocado nervoso ao volante, e a única coisa contra mim é abusar por vezes um pouco na velocidade, mas sei em que estradas posso abusar e onde não posso.
Encontrei um site de agressividade na estrada e fiz o teste, não sou um condutor agressivo.

26 comentários:

Zeka disse...

Ei Bonifaceo, tem calma meu!

bonifaceo disse...

Eu até sou um gajo, a conduzir é que nem sempre...

maria disse...

"pareço um bocado nervoso ao volante". Achas? que exagero:)

bonifaceo disse...

Lol. Maria, é que eu chateio-me mesmo, vê tu, que nem por ir a minha mãe ao lado eu deixei de acelerar aquela 3ª ao máximo.
Mas já agora, não achas que sou nervoso naquilo que descrevi? É que aquelas situações causam-me nervos e farto-me de mandar vir no momento.

bonifaceo disse...

Ups, falta ali uma palavra no meu comentário a seguir ao do zeka:
Eu até sou um gajo calmo.
Calmo, era a palavra... que raiva, odeio quando isto acontece, penso na palavra e não a escrevo, escrevo a que vem a seguir...

salomé disse...

Eu passo a vida a tripar com toda a gente! No meu 1º ano de carta então é que era...

Mipo disse...

xiiii... avisa-me quando saires de carro!

bonifaceo disse...

Porquê mipo, és das pessoas que costumam fazer as asneiras que eu disse? ;)

maria disse...

Já percebi que essas situações te causam mesmo nervos...eu também não gosto de "azelhas" ou domingueiros na estrada. E o meu grande pecado é também abusar da velocidade. Sabes o que me stressa mesmmo é naqueles dias de imensa chuva que mal vez um palmo à frente do nariz haver "anormais" que não acedem as luzes...e que ainda por cima conduzem à mesma velocidade de um dia fantástico de sol...E eu que até sou muiot impaciente não barafusto no trânsito, às vezes lá dá umas buzinadelas:)

maria disse...

Estou como tu...detesto dar erros nesta coisa...obviamente que em vez de mal vez é mal vês...pareço burra!

Elentári disse...

Bonifaceo, agressivo não, mas nervosinho sim!
Deixa lá, não és o único. Eu muitas das vezes fico absolutamente possuida, e estranhamente sai-me muitas vezes a frase "vê-se logo que era mulher". Sei que não devia afirmar isto publicamente, fica-me mal, mas... é verdade, é o que eu digo!

bonifaceo disse...

Apanho mais asneiras cometidas por mulheres quando vou no lugar do pendura. E digo o mesmo que tu elentári :D. A conduzir apenas barafusto e chamo muitos nomes, sem os condutores ouvirem :D.

Elentári disse...

Sim, convém que não ouçam, anda aí cada maluco! :D

sue disse...

Devo reconhecer que por vezes me apetece "brincar aos carrinhos de choque" com cada besta que há na estrada... realmente não há paciência!

a disse...

És do meu club! Saiam-me da frente! No outro dia até tinha começado a postar sobre isso mas a net flipou a meio e dps já não tive paciência de reescrever! Ía-se chamar... o momento que se segue foi patrocinado pela Farinha Amparo! e era para ser uma crónica. ainda vou fazer isso que o tema merece. Beijocas (aleluia! voltaste a postar!)

a disse...

Não deu que eras um condutor agressivo? como é que foi isso?

A mim deu Violento a raspar o criminoso... olha que é só preciso identificares-te com uma frase para dar essa categoria... não é preciso preencheres todos os requesitos! Beijocas

O meu teste

Condutor AGRESSIVO

-É habitual estar com pressa e mudar constantemente de faixa.(sim)
-Estou sempre a tentar ultrapassar e acho que o carro da frente é um obstáculo. (claramente)
-Limito-me a abrandar nos stops e por vezes passo no vermelho. (sim e não)
-Faço inversões de marcha mesmo que proibidas. (sim)
-Conduzo por vezes com pouca atenção ou com sono. (só quando respeito os limites de velocidade!)
-Acelero ao ver um sinal amarelo porque detesto parar nos semáforos. (Daaaahhhhh!)
-Mudo de faixa sem usar os piscas. (muito raramente)
-Fico nervoso ou incomodado quando vejo um veículo da polícia de trânsito. (nervosa não... abrando e tal...)
-No carro ando normalmente mal disposto e praguejando. (sim)

Condutor VIOLENTO

-Não deixo passar os outros mesmo que tenham prioridade. (não)
-Ridicularizo ou critico os outros condutores enquanto conduzo. (só para dentro!)
-Faço manobras arriscadas enquanto fumo, como, bebo ou uso o telemóvel. (às vezes)
-Impeço os outros carros de entrar na minha faixa, chegando-me ao carro da frente. (ultimamente descobri que é melhor para a minha saúde mental deixar passar o xico esperto)
-Conduzo regularmente mais de 30 km/h acima do limite legal indicado. (pois!)
-Ultrapasso a alta velocidade ou aumento as rotações do motor como sinal de protesto. (Em situações extremas...)
-Impeço outros carros de me ultrapassar, sempre que isso me apetece (nunca. o meu lema na estrada é anda e deixa andar)
-Conduzo colado ao carro da frente para o obrigar a acelerar ou a sair da minha frente. (só me colo no instante antes de ultrapassar quando há pouco espaço para a ultrapassagem)
-Imagino vingar-me de forma violenta de um outro condutor. (imaginar... bué!)
-Uso os máximos para retaliar. (não. quer dizer... qd o outro carro vem com os máximos para cima de mim tb lhe dou sinais com os máximos e se ele não desligar pois eu tb os ligo... por retaliação mas tb para ver a estrada)
-Apito ou grito de janela aberta contra os outros utentes da estrada. (para ai 2 vezes na vida!)
-Faço gestos visivelmente insultuosos a outros condutores. (não)
-Uso o meu carro para retaliar, fazendo manobras repentinas e ameaçadoras. (eu conduzo com manobras repentinas mas não é para retaliar ninguém...)
-Saio do meu carro para discutir aos gritos. (livra... ainda me vão aos cornos...)

Condutor CRIMINOSO

-Saio do meu carro para bater ou atirar alguma coisa a outro carro. (não)
-Transporto uma arma e ameaço outros condutores. (costumo andar com o spray de pimenta mas é só para protecção... nunca usei)
-Agrido ou espanco por uma discussão de estrada. (não)
-Tento empurrar um outro carro para a berma para punir o condutor. (claro que não)
Ameaço atropelar alguém que me enraiveceu. (bem... aqueles miudos que atravessam a estrada mt devagar a olhar com ar provocador... admito que finjo que não vou parar!)
-Alvejo outros carros. (não)
Já matei por uma disputa de trânsito. (não)

bonifaceo disse...

Passo a explicar enquanto eu não volto porque acho que não me incluo, nas frases que aparentemente me tocam a mim:
-Estou sempre a tentar ultrapassar e acho que o carro da frente é um obstáculo - embora tenha ultrapassado naquela caso o Honda, normalmente só ultrapasso em estradas de duas faixas mas porque acho que o posso fazer e não por presa ou empecilhos.
-Acelero ao ver um sinal amarelo porque detesto parar nos semáforos - só quando estou demasiado próximo do sinal, ou se for um pouco com velocidade a mais, tirando estas duas situações paro.
-No carro ando normalmente mal disposto e praguejando - isto acontece só naquelas situações que eu referi (e mais algumas), mas logo volto ao normal, ou seja, acho normal toda a gente chatear-se com essas situações, embora eu demonstre isso duma maneira um pouco agressiva, mas só visível para quem vai comigo dentro do carro.

-Ridicularizo ou critico os outros condutores enquanto conduzo - a justificação desta é a mesma que a outra, mas isto dentro de certos parâmetros e quando se tem muita razão, acho normal.
-Conduzo regularmente mais de 30 km/h acima do limite legal indicado - regularmente não, mas por vezes acontece, o que vale é que é só em algumas rectas.
-Apito ou grito de janela aberta contra os outros utentes da estrada - apito muito raramente e só para chamar a atenção, em caso de perigo, conforme está no código, e não em qualquer situação.

Pronto, não sei se fiz uma avaliação coerente ou não, claro que me acho um pouco agressivo, mas nada de especial, tendo em conta que é em muitas poucas situações e até nessas normalmente porque fui deveras incentivado...

ISA disse...

calma homem... olha que ainda te dá uma coisa valha-te deus...

a disse...

oh! afinal és um tenrinho! eheheh! beijocas

Zeka disse...

Boni, és mesmo "Xou di bola" como dizia o outro camelo!
Não consigo afastar de mim a imagem do Woody Allen sempre que te leio!
Gostei especialmente da parte em que dizes:
"-Apito ou grito de janela aberta contra os outros utentes da estrada - apito muito raramente e só para chamar a atenção, em caso de perigo, conforme está no código, e não em qualquer situação."

Hehehe! Imaginei-te logo com a cabeça de fora do carro aos berros e a apitar freneticamente para avisares um ceguinho de que caminha descontraídamente em direcção a um buraco!
Ou para chamares a atenção de uma velhinha distraída, com a carteira no braço, para o facto de na esquina seguinte se encontrarem dois meliantes com cara de poucos amigos, que seguramente se preparam pra a assaltar!

Ó pá, obrigado! Conseguiste levar-me de volta ao universo das histórias do Tio Patinhas, do Mickey, do Pato Donald e desses gajos todos!

Só tu mesmo!
Continua que eu gosto, juro!

bonifaceo disse...

Não isa, não me enervo a esse ponto, felizmente.
Pois enquanto eu não volto, até posso barafustar muito e chatear-me, e em boas estradas com rectas abusar um pouco da velocidade, mas o resto cumpro, sou um gajo precavido e se não gosto de ver os outros fazer asneiras que comprometem a boa circulação do trânsito, também não as faço. Beijoca também para ti.
Zeka, ainda bem que gostas, é um bom elogio, embora eu não faça a coisa como imaginaste, lol, até me ri de como descreveste a cena.

Sol disse...

Grande discussão que vai por aqui!! :)

manuel disse...

Ler toda esta panóplia de comentários foi motivo para tonificante série de gargalhadas.
Quem não tem momentos de fúria como os que descreveste?
O tempo, meu amigo, há-de temperar-te. Eu já fui como tu.
Mas tem cuidado. Modera os ímpetos.

bonifaceo disse...

Boas manuel. Eu controlo-me, se reparaste eu até disse que nem deixava que os condutores me ouvissem :D.

a disse...

ehhhhhhhhhhh! ó manuel... não deixes escapar a criança que existe em ti! beijinhos (desculpa bonifaceo... tinha de alertar aqui o nosso amigo manuel... não fosse ele estar distraído e ainda acordava ai 1 dia com 90 anos ou assim e... já viste, não é... não podemos deixar que estas coisas aconteçam com os nossos amigos! beijocas para ti tb!)

bonifaceo disse...

Lol, beijos enquanto eu não volto. :)